Todos os poemas aqui postados são de autoria de Ineifran Varão

TODOS OS POEMAS AQUI POSTADOS SÃO DE AUTORIA DE INEIFRAN VARÃO

Este blog é exclusivamente para postagem do moderníssimo varano, estilo de poema criado por Ineifran Varão, cujas regras e orientações estão disponíveis para todos os poetas que desejarem praticá-lo.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

A TRANSFORMAÇÃO JÁ COMEÇOU


Os anos passam
E não disfarçam
Pra nós viventes...
Mas... Somos crentes
...Nós seguiremos!

Qual dimensão
É esta visão?
Já vimos antes,
Noutros instantes
...Mas... Esquecemos!

Há tantos mundos...!
Nalguns segundos,
Você vai longe,
Sem ser um monge
...Isso sabemos!

Visão romântica?
Física quântica?
Há espécies tantas
- As más... As santas
...Um dia veremos!

Aliás, já vimos
Ouros e limos,
Na natureza,
Cuja grandeza
...Mal conhecemos!

De origens várias
Não são lendárias!
São de outros planos,
Sem mais enganos
...De lá viemos

Qual pó de estrelas
E crendo ao vê-las,
Seguimos nós...
Não ‘stamos sós
...E outros seremos!

Questão de tempo
Ou contratempo,
A nossa raça
Quebra a vidraça!
...Transformaremos!

Seres alados
Foram pintados
Na Antiguidade...
Na realidade,
...Hoje, entendemos!

Com muita ética,
Usam genética!
Seremos novos...
Quase outros povos!
...Nós triunfaremos!


terça-feira, 24 de dezembro de 2013

FELIZ NATAL - NASCEU JESUS!


Olá, pessoal,
Feliz Natal!
Festa de luz,
Nasceu Jesus
...Lá em Belém!

São dois mil anos,
E os desenganos
Não nos abalam...
Sucumbem, calam
...Qualquer desdém!

Jesus nos traz
O amor, a paz
E ensinamento,
Todo momento
...Pois, diga amém!

Uma certeza
É chama acesa:
Jesus desceu,
Aqui viveu
...E foi refém!
  
Morreu por nós,
Nas mãos de algoz!
Dentre o legado,
Um apostolado
...Fazer o bem!

A TODOS OS VISITANTES DESTE BLOG DESEJO UM NATAL DE MUITA PAZ E SAÚDE! Grato por tantas visitas!

sábado, 14 de dezembro de 2013

VAGUEIO


Pensar que tu amas
Reaviva as chamas
Que, na verdade,
Dão claridade
...Ao meu viver!

Se em ti vagueio
Vou pelo meio,
Vou pelas bordas
E tu me acordas
...Volto a crescer!

O amor que sentes
Deixou sementes
Que em mim cresceram...
Meus versos leram
...Vi-me a escrever!

Digo o que penso
No meu bom senso
E tu, meu bem,
Dizes também
...Com teu saber!
  
Saber maduro
De bom auguro!
Cremos no amor,
Com ou sem dor
...Nosso querer!